Compartilhe!

Los Angeles Times questiona: “por qual motivo Charli XCX não é tão grande como as outras popstars?”

A sensação do pop, Charli XCX de 25 anos, sempre ficou mais perto do mainstream. Ela é adorada pelos músicos respeitados que trabalharam com ela, incluindo Tove Lo, Carly Rae Jepsen, Rostam Batmanglij, Rita Ora, Caroline Polachek de Chairlift, Mykki Blanco, Brooke Candy e Bibi Bourelly. E todos eles se apresentaram no palco ontem à noite ou estavam nas asas ou dançavam nas varandas como se estivessem todos reunidos para uma das lendárias festas da casa de Hollywood da XCX.
>> “Não é sobre mim, é sobre todos tendo um momento para brilhar” declara Charli XCX sobre sua nova mixtape
Desde o visual até a produção de música até a forma como ela empregou cada centímetro do palco, XCX entende como ser uma estrela pop da maneira como Mick Jagger dominou como ser uma estrela do rock. Ela leva seu trabalho – de garantir que todos se divirtam – seriamente. XCX mostrou uma bravata bem-vinda, mas a chave de sua visão era que o show era maior do que ela.
>> “Pop 2” nova mixtape de Charli XCX é aclamada por crítico

A realização do “Pop 2” como experiência ao vivo destacou seu tema-chave: a colaboração. Ele veio em todas as formas e tamanhos, do vanguarda do fornecedor de pop Candy e do trans-rapper Blanco, para a Aaliyah-aspirante Abra e o tesouro canadense Jepsen (que ganhou os maiores elogios da noite e ofereceu o seu próprio “Cut to the Feeling” como um prazer extra).

Fonte: LA Times

Publicado em 19/03/18 por XCX

Tags: Destaque, Destaques, Notícias