Compartilhe!

“Não sei se tenho o tipo de personalidade para jogar o jogo do pop” Charli XCX para GQ Hype UK

Ao longo dos anos, Charli teve algumas de suas músicas vazadas.   “Você diz algumas músicas aqui e ali”, ela diz, rindo incrédula, “foram todas as minhas músicas já criadas.” Em 2017, com seu som evoluindo com AG Cook e Sophie, e um terceiro álbum, improvável de ver a luz do dia, partes de seu material de toda a sua carreira encheram a internet. Os fãs trocavam playlists de música não lançadas como se fossem cartas de Pokemon.


 Ela entende porque os Angels fizeram isso: “Eles só querem as músicas e vazando acham que vão me ajudar. Realmente não falei sobre isso porque não queria incentivar mas você sabe, ter seu trabalho roubado é realmente triste.”, diz ela. “Isso me fez sentir que não era mais meu.” Ela diz que isso pode ser parte do motivo pelo qual seu processo como artista se tornou tão rápido – mais rápido do que a maioria dos artistas que assinaram com grandes gravadoras. Pergunto se os vazamentos tiveram algum papel em fazê-la lançar músicas de uma maneira para esta finalidade. “Talvez subconscientemente“, diz ela. “Acho que realmente me afetou bastante.”

Publicado em 26/09/19 por XCX

Tags: Entrevista